Qual a melhor vitamina para gestantes? Quando suplementar?

10 minutos para ler

Quando a mulher descobre que está grávida, começa a pensar em tudo o que precisa para uma gestação saudável. Uma das preocupações é descobrir qual a melhor vitamina para gestantes e onde encontrar esses nutrientes.

Neste artigo, preparamos uma lista para você, com as melhores vitaminas para grávidas, explicando por que elas são importantes para a mãe e para o bebê e quando a suplementação é necessária. Confira!

Qual a melhor vitamina para gestantes?

Quatro nutrientes primários são especialmente importantes durante a gravidez e geralmente têm indicação de suplementação na gestação:

  • Ácido fólico;
  • Ferro;
  • Cálcio;
  • Vitamina D.

As vitaminas e minerais a seguir também são essenciais paras as grávidas e é possível obtê-las com a dieta e com suplementação:

  • Vitamina A;
  • Vitamina C;
  • Vitamina B6;
  • Vitamina B12;
  • Vitamina B7;
  • Zinco;
  • Iodo;
  • Ácidos graxos ômega-3.

No próximo tópico, iremos nos debruçar sobre cada uma das melhores vitaminas para grávidas, explicando por que elas são importantes para uma gravidez saudável. Confira!

Melhores vitaminas para gestantes

1. Ácido fólico

Em suas buscas sobre qual a melhor vitamina para gestantes, provavelmente esta foi a mais citada.

Isso porque esse é um nutriente tão importante, que sua ingestão é recomendada antes mesmo da mulher engravidar, como preparação para receber o feto. 

O ácido fólico (vitamina B9), ou folato, é importante para prevenir defeitos congênitos, tais como defeitos do tubo neural e espinha bífida.

Na gestação, a recomendação de ácido fólico indicada pela Organização Mundial de Saúde é de 4000 mcg por dia.

Você deve comer alimentos que contenham folato, como por exemplo os vegetais de folhas verde-escuras (espinafre e brócolis).

Porém, é difícil obter a quantidade de folato recomendada para uma gravidez saudável apenas com comida, por isso é importante tomar um suplemento de ácido fólico.

2. Vitamina D

A vitamina D regula a quantidade de cálcio e fosfato no corpo, que são necessários para manter os ossos, dentes e músculos saudáveis, inclusive de seu bebê em formação.

Além disso, este estudo associou uma redução do risco de pré-eclâmpsia à suplementação de vitamina D.

Já essa outra pesquisa, aponta que manter bons níveis de vitamina D durante a gravidez está associada a menores riscos do bebê: 

  • Nascer abaixo do peso;
  • Apresentar anormalidade congênita;
  • Ter problemas de crescimento ósseo ou apresentar raquitismo na infância.

Além disso, o risco de mortalidade fetal ou neonatal também é reduzido com a boa ingestão desse nutriente.

Você pode obter vitamina D suficiente com a exposição à luz solar e adotando uma dieta saudável e balanceada, consumindo alimentos ricos nesse nutriente, tais como:

  • Peixes oleosos (salmão, cavala, arenque e sardinha);
  • Ovos;
  • Carne vermelha.

É importante conversar com seu obstetra sobre a necessidade de suplementar essa vitamina.

3. Vitamina B6 

Essa vitamina do complexo B é importante para uma gestação saudável, tanto para o bebê, quanto para a mãe e por isso também está entre as melhores vitaminas para grávidas.

A B6 auxilia no desenvolvimento do sistema nervoso do feto e previne malformações. Já para a gestante, é útil no controle de enjoos, pois é responsável pelo controle hormonal.

Esse nutriente pode ser encontrado em alimentos como:

  • Vegetais (batata inglesa, banana, abacate);
  • Carne vermelha;
  • Leite;
  • Ovos;
  • Grãos integrais.

A deficiência de vitamina B6 é rara, entretanto, a sua concentração no organismo pode diminuir em algumas situações, como no caso de grávidas com pré-eclâmpsia. 

Se este for o seu caso, é importante aumentar o consumo de alimentos ricos neste nutriente ou conversar com seu médico sobre a necessidade de suplementação.

4. Vitamina B7 (Biotina) 

Esta pode ser outro nutriente muito citado em suas pesquisas para saber qual a melhor vitamina para gestantes.

Isso porque mulheres grávidas precisam consumir mais biotina, já que a deficiência dessa vitamina é comum durante a gestação.

Na gravidez, o corpo decompõe a vitamina B7 mais rapidamente e isso pode interferir no desenvolvimento do feto.

Por isso, adicione mais alimentos ricos neste nutriente em sua dieta, tais como:

  • Fígado e rins;
  • Gema de ovo;
  • Cereais integrais e nozes.

Além disso, converse com seu médico para entender a necessidade de tomar algum suplemento de biotina.

Confira também: O que é biotina? Para que serve? Quais os benefícios? Onde encontrar?

5. Vitamina B12 

Essa é mais uma vitamina importante para prevenir defeitos congênitos graves. Isso porque níveis saudáveis de B12 são fundamentais para o desenvolvimento adequado do cérebro e do sistema nervoso do bebê.

Além disso, a deficiência materna de vitamina B12 pode contribuir para o nascimento prematuro ou aborto espontâneo.

Boas fontes desse nutriente são:

  • Peixes (salmão, truta e atum);
  • Fígado;
  • Carne de porco;
  • Leite e derivados;
  • Ovos.

6. Vitamina A 

A vitamina A é importante para o desenvolvimento de muitos órgãos e estruturas importantes do feto, incluindo:

  • Esqueleto;
  • Sistema nervoso;
  • Coração;
  • Rins;
  • Olhos;
  • Pulmões e pâncreas.

Entretanto, é preciso ter cuidado com a dosagem desse nutriente, porque seu excesso pode ser prejudicial para o bebê. Por isso, é recomendado que as gestantes evitem suplementos de vitamina A. 

A quantidade aconselhada na gravidez é de cerca de 800 microgramas por dia, que você pode encontrar, por exemplo, em uma cenoura média.

7. Vitamina C 

A vitamina C protege as células, ajuda a mantê-las saudáveis e também é uma ótima aliada para evitar a imunidade baixa na gravidez.

Durante a gestação é comum as mulheres ficarem com o sistema imunológico debilitado, devido às alterações hormonais e às mudanças em seu corpo. 

Para ficar longe de problemas como gripes e infecções urinárias, que podem ser mais complicados durante esse período, invista em uma alimentação rica em vitamina C.

Boas fontes desse importante nutriente incluem:

  • Frutas cítricas;
  • Pimentões;
  • Brócolis.

Confira outras dicas para evitar a imunidade baixa na gravidez nos artigos listados abaixo: 

10 dicas poderosas de como fortalecer a imunidade do corpo humano contra doenças

Qual a melhor dieta para aumentar a imunidade? Conheça os 10 melhores alimentos

Os 10 melhores sucos para aumentar a imunidade mais fáceis de fazer em casa

8. Ferro

Quando você pensa sobre qual a melhor vitamina para gestantes, deve incluir aí também alguns importantes minerais.

O ferro, por exemplo, é um mineral essencial para o desenvolvimento do feto e para a saúde materna, sendo comum sua suplementação durante toda a gravidez.

Esse nutriente é responsável por auxiliar a formação das células vermelhas do sangue e pelo transporte de oxigênio no organismo. 

Gestantes com carência de ferro podem desenvolver anemia e se sentirem cansadas, além de elevar o risco de outras complicações, tais como:

  • Ter bebês pequenos, com restrição de crescimento;
  • Entrar em trabalho de parto prematuramente, com aumento de chances na mortalidade perinatal. 

De acordo com o Ministério da Saúde, é recomendada a suplementação de 40 mg/dia de ferro durante toda a gestação e até 3 meses depois do parto.

9. Cálcio

O cálcio é vital para a formação dos ossos e dentes do bebê, além de regular processos orgânicos importantes como a coagulação sanguínea da gestante e o fluxo de nutrientes para o feto.

A deficiência desse mineral faz com que o feto utilize o cálcio armazenado nos ossos e dentes da mãe, que pode sofrer com cãibras, cáries e unhas quebradiças. 

Além disso, a carência de cálcio pode elevar os riscos de pré-eclâmpsia e de uma futura osteoporose.

Mulheres grávidas precisam de 1200 miligramas de cálcio por dia. Boas fontes desse mineral incluem:

  • Leite e seus derivados;
  • Vegetais de folhas verde-escuras (rúcula, agrião, couve etc.);
  • Tofu;
  • Leites vegetais com adição de cálcio.

Lembre-se de conversar com seu médico sobre a necessidade de suplementação desse mineral, principalmente se você tem uma dieta restrita, por ser vegano ou ter intolerância à lactose, por exemplo.

10. Zinco 

Este é outro mineral importante, que pode aparecer em suas buscas para saber qual a  melhor vitamina para gestantes.

Durante a gravidez, o zinco é responsável por: 

  • Formar as células de DNA e tecidos no corpo do bebê;
  • Auxiliar o crescimento e desenvolvimento fetal.

Boas fontes de zinco incluem: 

  • Chocolate amargo; 
  • Sementes de linhaça;
  • Camarão;
  • Gema de ovo;
  • Leite integral;
  • Amendoim;
  • Castanha de caju;
  • Feijão.

11. Iodo 

O iodo é fundamental para a função tireoidiana saudável de uma mulher durante a gravidez. Sua deficiência pode causar aborto espontâneo, dentre outras complicações graves, tais como:

  • Natimorto;
  • Crescimento físico atrofiado;
  • Deficiência mental grave;
  • Surdez.

A quantidade recomendada de iodo na gravidez é de 200 a 250 mcg por dia, o que pode ser conseguido facilmente através da alimentação. 

Alguns exemplos de alimentos ricos em iodo são:

  • Alimentos de origem marinha (cavala, mexilhão, bacalhau, salmão, merluza etc.);
  • Sal iodado (no Brasil, o sal é, normalmente, enriquecido em iodo);
  • Leite;
  • Ovos.

A suplementação é necessária quando os valores de iodo estão baixos, mas deve ser prescrita pelo médico que a acompanha. 

12. Ácidos graxos ômega-3 

Conhecidos como “gorduras boas”, esses nutrientes podem reduzir o risco de parto prematuro e de ter um bebê com baixo peso ao nascer. 

Boas fontes alimentares de ômega 3 são:

  • Peixes gordurosos;
  • Oleaginosas (nozes e castanhas).

Se você não come muitos alimentos ricos em ômega-3, pergunte ao seu médico se um suplemento é certo para você.

Confira mais informações sobre qual a melhor vitamina para gestantes, no vídeo abaixo:

Quando tomar suplementação de vitaminas para gestantes?

Apesar da suplementação ser necessária para suprir as necessidades de alguns desses nutrientes durante a gestação, você deve seguir as orientações do seu obstetra antes de tomar qualquer vitamina. 

Assim como a falta, o excesso dessas substâncias pode ser prejudicial em alguns casos. Por isso, é importante conversar com seu médico sobre quais vitaminas suplementar e sobre sua dosagem correta.

A Nute possui um produto de suplemento alimentar de A a Z multivitamínico com nutrientes indispensáveis para seu corpo e mente e para o desenvolvimento de seu bebê. 

O diferencial é promover uma vida mais saudável, oferecendo praticidade, entregando os produtos na sua casa através da venda online, onde parte desta venda é revertida para instituições de caridade.

Inscreva-se no Clube Nute e passe a receber por um preço especial um frasco de 30 cápsulas todo mês, sem que você tenha que sair de casa!

Posts relacionados

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.